Centralismo versus democracia? Reflexões sobre o regime leninista de partido

24 de abril de 2015

Henrique Canary O artigo de Enio Bucchioni “A propósito do regime interno dos bolcheviques antes de fevereiro de 1917”, publicado recentemente no Blog Convergência, retoma um apaixonante e decisivo debate acerca das características mais profundas do regime leninista de partido. Trata-se de uma excelente contribuição, que deve ser conhecida por todos os ativistas, jovens e trabalhadores que ora ingressam na luta social. Sem a superação dos mitos stalinista e liberal sobre o Partido [...]

A agenda anticorrupção e as armadilhas da pequena política

22 de abril de 2015

Rejane Hoeveler e Demian Melo “Grande política (alta política) – pequena política (política do dia-a-dia, política parlamentar, de corredor, de intrigas). A grande política compreende as questões ligadas à fundação de novos Estados, à luta pela destruição, pela defesa, pela conservação de determinadas estruturas orgânicas econômico-sociais. A pequena política compreende as questões parciais e cotidianas que se apresentam no interior de uma estrutura já estabelecida em [...]

Formas de dominação e exploração do trabalho: notas sobre um aspecto (central) da crise brasileira

20 de abril de 2015

Marcelo Badaró Mattos Há uma crise política no Brasil hoje. Ela tem relações com a fase atual da crise capitalista, em suas manifestações mais diretas na economia brasileira, no período recente. Não quero aqui priorizar a análise dos contornos dessa crise política, nem tampouco desprezar que sua dinâmica possui uma autonomia relativa em relação à crise capitalista e é difícil prever com consistência os desdobramentos mais propriamente políticos da conjuntura. No entanto, [...]

O Irmão Alemão, de Chico Buarque: das coordenadas de convicções ao mapa dos afetos

15 de abril de 2015

Betto della Santa  I.* Chico Buarque não é Ciccio. Não tem menor pretensão de lançar mão de ardis narrativos, estratégias (inter)textuais de despiste e menos que menos intenciona demarcar terreno em campo desmetafórico que não seja o do Politheama.[1] O que é estranho torna-se, nada obstante, familiar. Há ali certo modo de contar estórias. Quiçá um estilo de escrita, por dizer, como em empréstimo não-consignado (de matéria-viva a obras de ficção); no qual a rudeza material [...]

Palmares, Selma e Vila Moisés: a resistência negra e os grilhões do racismo

14 de abril de 2015

Jean Montezuma Contrariando as previsões mais otimistas feitas aqui no Brasil e no exterior no início da década passada, o racismo não está em vias de desaparecer. Muito pelo contrário, a luta internacional contra a discriminação racial segue mais atual do que nunca frente a uma realidade onde o racismo nos agride de múltiplas formas todos os dias. A perversidade do racismo se manifesta com várias faces, todas elas cruéis, que vão desde os ditos “padrões de beleza” que dizem [...]

Para além dos “homens loucos”

13 de abril de 2015

Martin Swayne Introdução e tradução: Daniela Mussi As greves no setor aéreo são sempre motivos de descontentamento para muita gente. Aeroportos parados, voos cancelados, atrasados, etc. Muito pouco se sabe, porém, das transformações pelas quais a indústria da aviação vem passando nas últimas décadas, no Brasil e no mundo. No artigo abaixo, escrito para refletir sobre a tragédia que chocou o mundo com queda voluntariamente provocada de uma avião no Sul da França, Martin Swayne [...]

A propósito do regime interno dos bolcheviques antes de fevereiro de 1917

10 de abril de 2015

O presente texto, redigido pelo veterano militante trotskista Enio Bucchioni, é o primeiro de uma serie de quatro sobre o regime interno do partido Bolchevique. O documento tem como base o livro O Partido Bolchevique, de Pierre Broué. O próximo texto tratará do período entre fevereiro e outubro de 1917. [...]

Argumentos a favor da greve dos professores

10 de abril de 2015

Valerio Arcary “Ouça um bom conselho, que eu lhe dou de graça, inútil dormir, que a dor não passa” (Chico Buarque). A greve dos professores da Rede Estadual do Estado de São Paulo tem 21 dias, e já está próxima de finalizar a sua terceira semana. Utilizando uma astúcia desonesta, Alckmin insiste em ignorar a realidade, e afirma que não há greve. Se fosse verdade, como é possível explicar que dezenas de milhares de professores tenham protestado nas ruas, estimados em [...]
1 2 3 48
carnero.mertie@mailxu.com